7 de jun de 2011

Extratos vegetais para uso cosmético - III

extratos vegetais base óleo

Ao preparar novos extratos tenho procurado reunir diversos vegetais com funções semelhantes buscando potencializar as propriedades dos ativos.
Pensando assim, faço macerados secos que reservo para usar tanto nas infusões/decocções quanto nos extratos utilizando diferentes solventes (glicerina,álcool, óleos,etc).

Macerado seco anti-celulítico: 
propriedades: melhorar a circulação sanguínea e linfática e a ativação da permeabilidade da pele através de ativos antioxidantes,antiinflamatórios,tônicos e com efeito emagrecedor ( indutor da lipólise), combatendo a celulite, cujo nome científico é lipodistrofia ginóide.

1 parte de pó de sementes de guaraná
1 parte de pó de sementes de noz de cola
1 parte de pó de marapuama
1 parte de pó de catuaba
1 parte de pó de pimenta malagueta ou outra da familia Capsicum
1 parte de pó de uva ( sementes e cascas)
1 parte de pó de centella
1 parte pó de gengibre

Modo de fazer: misturar todas os ingredientes e macerar com o pilão para homogeneizar.
Guardar em pote esterilizado e bem fechado em locar seco.

exemplo de uso:
Extrato vegetal anti-celulite 1:8 
10g do macerado anti-celulite 
20g de água destilada
50g de glicerina bi-destilada
10g de álcool de cereais
Deixar macerar por 12h na mistura de água destilada + álcool, depois acrescentar a glicerina.
Mexer 2x ao dia durante 30 dias.Coar e guardar em vidro escuro.

Extrato vegetal anti-celulite base óleo:
10g de macerado anti-celulite
álcool de cereais
40g de óleo de semente de uva ( fácil absorção pela pele)
20g de óleo de andiroba ( propriedades aqui)
20 g de óleo de copaíba ( propriedades aqui)
É interessante iniciar com uma  mistura de álcool + macerado seco para extrair os ativos que são solúveis em água/álcool, como a cafeína para só depois acrescentar os óleos.
 Misturar os ingredientes,deixar em repouso por alguma horas e completar com a mesma proporção de óleos caso o macerado  seco tenha absorvido os óleos já colocados.
É importante que os óleos cubram completamente a mistura, deixando uns dois dedos de sobra.
Mexer 2x ao dia por 30 dias ou colocar em banho-maria, fogo baixo por 3h, tendo o cuidado de não deixar passar de 45.C. Depois coar em coador de pano esterilizado ( processo bem demorado) e guardar em vidro escuro.

A melhor maneira de escolher a gordura certa para um determinado extrato é ter como base a  composição dessa gordura que irá potencializar os ativos dos vegetais escolhidos, aumentando os efeitos pretendidos para o produto cosmético que será elaborado.
Como exemplo:
Para um cosmético com qualidades antioxidantes escolher, dentre as diversas gorduras vegetais disponíveis, uma gordura que apresente alto índice de agentes antioxidantes como óleo de Buriti (alto teor de carotenoides,altos teores de tocoferóis, compostos com atividade antioxidante e vitamínica, devido a presença de vitamina E) , óleo de pepitas de girassol prensado à frio ( rico em Ômega 6 e 9),óleo de macadâmia ( rico em Ômega 7 e 9),etc.

propriedades cosméticas dos ativos escolhidos:
a maioria dos vegetais abaixo possuem efeito tônico, aumentando a circulação e possuindo ação estimulante podendo levar a agitação, batimentos acelerados do coração, aumento da pressão,etc por esses e outros motivos devemos ter precaução quanto ao uso desses ativos respeitando o percentual de 5 a 10% no máximo, conforme indicações farmacognósticas.

sementes de guaraná (Paullinia cupana Kunth) e noz de cola (Cola acuminata (P. Beauv.) Schott & Endl.) -através do alto teor de cafeína, possuem efeito tônico e  promovem a lipólise e a renovação célula estimulando, descongestionando e removendo as toxinas.

marapuama ( Ptychopetalum uncinatum) e catuaba (Trichillia catigua) - ativadores da microcirculação promovem a drenagem linfática e a queima da gordura localizada segundo estudos realizados na Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP.

pimenta malagueta ( Capsicum sp)- através da capsaicina (alcalóide das pimentas do gênero Capsicu),com características antiinflamatórias, tônicas,antioxidantes e estimuladoras da microcirculação 

uva (Vitis vinifera L.)- As sementes e a casca da fruta , através do resveratrol ( polifenol) possui elevado efeito tônico,antioxidante,antiinflamatório promovendo a restauração da pele

centella (Centella asiatica (L.) Urban) -com propriedade regeneradora, desintoxicante, tônica e antiinflamatória ativa a micro circulação ajudando na oxigenação dos tecidos.

gengibre (zingiber officinalis) -antiinflamatório, ajuda na queima de gorduras localizadas 

é interessante lembrar que para um combate eficaz contra esse mal estético tão comum nas mulheres devemos associar uma dieta moderada de gorduras e carboidratos e rica em proteínas, beber muita água além de fazer exercícios regularmente. 

Editado para complementar informações sobre o extrato base óleo.

fonte sobre marapuama e catuaba:
http://www.usp.br/agen/repgs/2005/pags/279.htm



Postagens relacionadas:
Extratos vegetais para uso cosmético - II

17 comentários:

ANA disse...

Sonia, qué fenomenales combinaciones de plantas para obtener extractos. Me encantará ver en qué los usas luego y sus resultados.
Besos

flor da pele disse...

Querida Ana,
Obrigada pela visita.
Eu também tenho meus segredos...Logo,logo você saberá!
Besos.

Lissy disse...

Hola Sonia !!!
Q extractos naturales + buenos !!!! Me encantan :D
las plantas son magnificas.
un besito guapa
saludos de Lissy

flor da pele disse...

Lissy,
Eres un sol!
Besos.

texia disse...

Genial, genial, muchas gracias por tu investigacion!!!
Besitos

flor da pele disse...

Muchas gracias Texia!
Besos.

carmen disse...

Me gustan mucho todas tus investigaciones y lo bien que lo explicas, gracias por todo.
Besos.

Marta disse...

Sonia menudo macerado mas potente, muy buena explicación muchas gracias.

flor da pele disse...

Carmen y Marta,
Gracias por sus visitas y palabras amables.
Besos.

estetica disse...

Hola
Muy entretenido e interesante tu blog. Me ha gustado.
Aquí te dejo la url de mi blog por si es de tu interes
http://maquillaje-estetica-imagen.blogspot.com/
Saludos

Jabón y agua disse...

Sonia, muchas gracias por compartir tus conocimientos con nosotros. Es un placer disfrutar de tus explicaciones.
Besos.

Marinete Pontes disse...

Ola! onde comprar, EXTRATO FLUIDO DE:

ARNICA, ALECRIM, AMORA, QUINA QUINA, AVENCA, ERVA CIDREIRA, JABORANDI. Obrigada!

flor da pele disse...

Olá Marinete,
Eu faço meus próprios extratos e acredito que você possa fazer os seus também conforme explico nessa postagem e nas outras duas sobre o mesmo tema.
Caso você opte por comprar,acredito que você encontre extratos vegetais já prontos em casa de produtos naturais.
Abraço.

Marta Gonçalves disse...

Muito obrigada por suas explicações! Fiz um extrato oleoso de pimenta, será que consigo filtrá-lo com filtro de papel, aqueles para café? E extratos glicólicos também?

flor da pele disse...

Olá Marta,
Obrigada por sua visita ao meu blog.
Sobre sua dúvida;
Como os extratos oleosos são mais densos, o ideal seria usar um filtro ( pra café) tipo permanente.
Os mais comuns são feitos de microtela de poliester, que podem ser lavados e reutilizados.
Abraço.

Sílvio disse...

Olá Sônia! Tudo bem?
Muito interessante e instrutivo o blog.
Qual planta poderia ser utilizada para o tratamento de feridas crônicas nas pernas?

flor da pele disse...

Olá Sílvio,
Agradeço sua visita ao blog como também seu comentário .
É sempre bom lembrar que para qualquer tipo de lesão na pele é necessário a consulta a um dermatologista.Você foi muito genérico ao falar sobre “feridas crônicas nas pernas”, isso pode representar vários tipos de lesões que só um médico especialista pode diferenciar.

Sobre os vegetais com própriedades curativas, na maioria das vezes, um mix de plantas que possuem características diferenciadas( bactericida, antiinflamatória, anti-sética, antifúngica, antioxidante, hidratante)torna mais eficaz alcançar a solução que buscamos.Essas plantas devem ser maceradas em um mix de óleos que também possuem características semelhantes.
Coloco abaixo os vegetais que, de imediato, lembro assim como os óleos vegetais, alertando para o fator “Alergia” ou “Incompatibilidade com o tipo de lesão” ou até medicamentos que a pessoa esteja tomando pois a pele é o maior veículo de absorção que o nosso corpo possui.

Sendo assim, é sempre bom iniciar com plantas e óleos mais conhecidos, tais como : calêndula(Calendula officinalis), camomila(Matricaria recutita),lavanda(Lavandula officinalis), espinheira-santa (Maytenus spp.), tanchagem (Plantago major),macerados na proporção de 1:8 em mix de óleos vegetais onde,60% o. de amêndoas doce prensado à frio(Amygdalus communis L.), 35% óleo de abacate extra-virgem (Persea americana)e 5% o. de óleo de neem(Azadirachta indica).
Espero ter ajudado.

Postar um comentário