24 de jul de 2012

Faça você mesmo II - sobre cabelos



Continuando com as postagens - Faça você mesmo - embora utilize meus sabões como shampoos, incorporando em suas receitas ativos com diversas propriedades adequadas para o meu tipo de cabelo que é liso e fino, devido aos emails que recebo buscando tratamentos capilares com a utilização também de produtos comercializados, coloco algumas informações e, principalmente, receitas fáceis de serem feitas e já aprovadas que, tornam os cabelos saudáveis e maravilhosos!

Encontrar produtos cosméticos que sejam bons e baratos e que nossos cabelos aprovem é uma tarefa difícil.

Precisamos basear nossos tratamentos em produtos que tenham percentuais adequados de ativos, além de serem isentos de substâncias sabidamente nocivas e que, promovam, com seu uso contínuo, a capacidade de absorção e adsorção de água e nutrientes que trazem os verdadeiros benefícios e a saúde aos cabelos.

Devemos estar atentas às composições, esquecendo indicações e apelos publicitários. Através dos componentes das fórmulas podemos saber com certeza se o produto está realmente dentro das nossas necessidades, escolhendo os que estão livres das substâncias que devem ser evitadas, tais como, óleo mineral, parafina, petrolatum, alguns silicones que não são solúveis em água, agentes plastificantes,etc. que, por serem de difícil remoção, acabam por danificar os fios e couro cabeludo por exigirem um shampoo com tensoativos mais agressivos.

Como já falei anteriormente em um forum específico para cabelos, devemos buscar uma sintonia com esses universos paralelos: Produtos comercializados e Produtos diferenciados e terapêuticos. 
Acredito que podemos, dentro das nossas possibilidades, reduzir os danos causados por químicas e produtos inadequados ao nosso tipo de cabelo com algumas medidas fáceis e práticas colocadas abaixo:
1. Se otimizarmos certos produtos comerciais (máscaras, condicionadores e cremes capilares em geral ) que já possuam formulações compatíveis com substâncias naturais tais como,óleos vegetais, extratos vegetais, ceras, etc, aumentando a concentração de ativos que realmente aportam saúde e vitalidade ao couro cabeludo; 
2. Se equilibrarmos o uso dos shampoos comerciais, diluindo ao adicionar infusões e/ou extratos feitos com ervas orgânicas além de óleos vegetais adequados; 
3. Se espaçarmos ou substituirmos o uso dos finalizadores com substâncias plastificantes como quaternário de amônia e passarmos a utilizar um produto que doe brilho e evite frizz como o umectante capilar ( receita abaixo), 
Sem esquecer da alimentação correta e da eterna busca de equilíbrio emocional -  Fatores que influenciam a nossa saúde como um todo.
Certamente vamos encontrar a harmonia pretendida, conseguindo uma beleza mais duradoura para o nosso cabelo.
imagem google
imagem google
Deixar de usar produtos capilares com esses tipos de substâncias nocivas em suas formulações requer paciência e persistência. 
Inicialmente,o cabelo tende a ficar pesado e opaco, sem leveza, brilho e movimento, isso acontece porque as substâncias de difícil remoção não saem de imediato. 
Geralmente, só após lavarmos o cabelo umas 3 ou 4 vezes é que notamos diferenças tanto no brilho quanto na maleabilidade dos fios.  
Após terminar este estágio inicial, se já estivermos usando bons produtos com suas composições dentro da proposta de cabelos saudáveis, a resposta se torna visível, ou seja, cabelos maravilhosos!

Um produto para ser natural e terapêutico, ou seja, com características curativas, teve ser:
.100% natural, sem estar misturado com substâncias sintéticas e que muitas vezes, são as causas das alergias que promovem o desequilíbrio nas características do couro cabeludo, que é o responsável por termos cabelos saudáveis;
.100% equilibrado, possuindo os percentuais necessários dos principais ativos da formulação tornando com isso, o produto eficaz.


imagem google - detalhe estrutura fio capilar
............................................................................................................

Sobre shampoos:
Os tensioativos aniônicos é que possuem as características que promovem a limpeza "radical" nos fios e couro cabeludo, buscando os mais suaves e usando esporadicamente e/ou diluídos em infusões,limpamos o couro cabeludo e fios de cabelo dos nossos "abusos" capilares sem maiores danos.

Os sabões são tensoativos aniônicos e se tornam suaves e adequados ao uso, tanto para pele quanto para o cabelo, através do equilíbrio de sua formulação incluindo, também, agentes condicionantes, umectantes e revitalizantes. 
 
Os tensioativos catiônicos promovem uma limpeza mais suave, condicionando inclusive,sem possuírem o poder necessário para remover as substâncias que teimam em ficar agarradas nos nossos fios de cabelo.
Pelos motivos acima colocados, devemos ter um determinado shampoo que, possuindo sulfatados aniônicos mas com características suaves, promova uma limpeza delicada mas ativa no couro cabeludo e fios de cabelo, sem maiores danos. 

RECEITA CAPILAR FÁCIL DE FAZER N.1:

Shampoo comercial + ervas orgânicas ( todos os tipos de cabelos)

Uma forma de limpar e tratar é diluir nosso shampoo do dia a dia , sempre na hora de usar, em uma infusão de ervas próprias para o nosso tipo de cabelo.O resultado dessa mistura ( shampoo+ infusão de ervas) é sempre positivo.
Outra maneira é fazer um extrato glicólico com um mix dessas ervas e colocar 5% desse extrato no nosso shampoo.
Podemos também acrescentar, na apresentação líquida, vitamina B5 ou dexpantenol ou ácido pantotênico, comercializado com o nome de Bepantol - 1 colher de chá, nas duas opções colocadas acima.

Como fazer um extrato glicólico - AQUI


IMPORTANTE: 
Sempre pesquisar as composições, as contra-indicações/ cuidados e os efeitos colaterais das ervas que pretendemos utilizar nos cosméticos artesanais. 
Evitando com isso,riscos para nossa saúde como: alergias, intoxicações graves ou outros danos ainda mais sérios.
USAR SEMPRE PLANTAS ORGÂNICAS! 


 ..................................................................................................
 Algumas ervas de fácil acesso que são muito eficientes para nossos tratamentos capilares:

.chá verde (Camellia sinensis L.Kuntze): antioxidante, adstringente, bactericida, tônica, regeneradora.
.erva-cidreira ( Melissa officinalis L.): adstringente, calmante, antiinflamatória, tônica, bactericida,anti-séptica, cicatrizante, regeneradora.
.alecrim (Rosmarinus officinalis L. ): tônica,adstringente,antioxidante, antiinflamatória, calmante, cicatrizante.

.flor de hibisco (Hibiscus sabdariffa e rosa-sinensis) -estimula o crescimento capilar, antioxidante, umectante.
.aloe vera ou babosa medicinal (Aloe vera L.ex Webb)-antiinflamatória,anti-séptica, bactericida, fungicida, emoliente, adstringente, cicatrizante, estimulante do crescimento capilar.
.tanchagem (Plantago major L.) - antiinflamatória, bactericida, cicatrizante, emoliente, tônica,adstringente.
.alface (Lactuca sativa L.) - calmante,antiinflamatória,umectante,regeneradora.
.cavalinha (Equisetum arvenses) -bactericida,fungicida,antioxidante,antiinflamatório.
.bétula (Betula pendula Root) - adstringente, anti-seborréica,anti-séptica,cicatrizante, tônica.
.........................................................................................................
Passeando pela net encontrei uma outra maneira diferente de utilizar o shampoo do dia a dia.
Trata-se de misturar uma parte de shampoo para cabelos normais com uma parte, ou fração, de óleo de coco extra-virgem ou algum outro óleo que contenha   ácido láurico em maior quantidade.
Basicamente é essa a proposta mas, pensando um pouco sobre o assunto, fiz a minha versão buscando potencializar a receita com um plus de ativos.

RECEITA CAPILAR FÁCIL DE FAZER N.2:

Shampoo  comercial + óleo vegetal (cabelos normais)

shampoo para cabelos normais misturado com infusão de ervas em óleo de coco extra-virgem e vit.B5


1 parte de shampoo para cabelos normais de sua preferência
1/2 parte de infusão de cavalinha (Equisetum arvenses)** em óleo de coco prensado à frio*
1 colher de chá de solução de vit.B5
modo de fazer e aplicar:
Misturar bem os ingredientes, de preferência antes de usar,a mistura fica cremosa como um mousse já que o shampoo atua também como um emulsionante.
Aplicar nos cabelos já molhados, massageando o couro cabeludo e passando suavemente pelos fios capilares até chegar as pontas,como se fosse uma máscara capilar.
Depois de alguns minutos, enxaguar o couro cabeludo e fios com água morna.
Finalmente aplicar um umectante capilar natural sem enxágue nos fios.(receita abaixo)

RECEITA CAPILAR FÁCIL DE FAZER N.3:

Shampoo comercial + óleo vegetal (cabelos secos ou quebradiços)

1 parte de shampoo para cabelos normais
1/2 parte de infusão de castanha do pará em óleo de semente de uva  ou de abacate ou macadâmia ou amêndoas.
1/2 parte de infusão de lavanda em óleo de coco prensado à frio*
1/2 parte de extrato glicólico de banana ou manga ou abacate
1 colher de chá de solução de vit.B5

O modo de fazer,aplicar e finalizar é similar ao anterior.

Como fazer uma infusão base oleosa - AQUI

RECEITA CAPILAR FÁCIL DE FAZER N.4:

Umectante capilar sem enxágue (todos os tipos de cabelo)

5 a 10 ml de macerado de alecrim e lavanda em vinagre branco de arroz ou maçã
150 ml de água destilada ou mineral ou chá de cascas de laranja e lavanda
1 a 2 ml de extrato glicólico de lavanda ou orégano ou capuchinha ou amor-perfeito ou rosas (plantas uso culinário)
pH final deve ficar entre 4 e 5,5.

ervas variadas em vinagre de arroz,água mineral e extrato glicólico de capuchinha.

OBS: O odor do vinagre desaparece com a presença dos demais aromas dos vegetais utilizados.Se o cabelo for fino, aumentar a quantidade de água ou chá.

Outras sugestões:

* substituir o óleo de coco prensado à frio por óleo de babaçu ou óleo de palmiste ou óleo de licuri ou óleo de ucuúba  ou manteiga de murumuru, todos ricos em ácido láurico.

**substituir a cavalinha por tanchagem ou babosa medicinal ou bétula,etc. 

OBS: Dependendo do tipo de cabelo, mais fino, mais ralo,etc, podemos equilibrar a receita do shampoo reduzindo o percentual de óleo colocado.
..............................................................................................

Um dos tratamentos recomendados pela Aromaterapia para higienizar, tonificar e vitalizar o couro cabeludo  é massagear com um mix de óleos essenciais em óleo carreador de fácil penetração, trazendo com isso os benefícios desses maravilhosos óleos essenciais para o couro cabeludo e fios capilares.


É IMPORTANTE UTILIZAR ÓLEOS ESSENCIAIS DE BOA QUALIDADE, EMBALADOS CORRETAMENTE E COM A VALIDADE INDICADA, ALÉM DE OBSERVAR SE EXISTE ALGUMA CONTRA-INDICAÇÃO PESSOAL ( PRESSÃO ALTA, GESTAÇÃO, AMAMENTAÇÃO,ETC)


RECEITA CAPILAR FÁCIL DE FAZER N.5:

 Higienizante capilar ( buscando a revitalização e saúde do couro cabeludo) - 100ml
 

.óleo essencial de sálvia esclaréia (Sálvia sclarea)- 2 gotas - tônico, regulador da oleosidade do couro cabeludo,combate a caspa e seborréia.
.óleo essencial de patchouli (Pogostemon patchouli) - 2 gotas - fungicida (ideal para tratamento capilar)
.óleo essencial de lavanda ( Lavandula officinalis) - 4 gotas - bactericida e fungicida
.óleo essencial de hortelã-pimenta ( Menta piperita)- 2 gotas - anti-séptico,tônico
.óleo essencial de cedro- atlas (Cedrus atlantica) - 2 gotas - anti-séptico,anti-seborréico,tônico
.óleo essencial de segurelha (Satureja montana) - 2 gotas - fungicida,tônico
.óleo essencial de tea tree (Malaleuca alternifolia) - 2 gotas - bactericida, fungicida, antiviral
.óleo vegetal de macadâmia prensado à frio - 70% (mantem o teor hídrico cutâneo)
.óleo vegetal de jojoba - 30% (indicado para todos os tipos de pele inclusive acnéicas, inflamadas e oleosas) 


modo de usar:
Massagear o couro cabeludo 1 x na semana ou de 15 em 15 dias, buscando movimentar gentilmente a pele.
Deixar por 1h e depois lavar a cabeça com um shampoo diluído em infusão de ervas.

Finalmente deve ser recomendado observar os hábitos alimentares e higiênicos, prevalecendo uma alimentação rica em proteínas, vegetais e frutas bem como um equilíbrio na frequência de lavagens do cabelo, respeitando o comprimento dos fios no momento, sem deixar de enfatizar a necessidade  de uma  constante escovação natural que, levará a estes fios, o sebo produzido pelo couro cabeludo que é tão benéfico ao cabelo.
  
As informações dessa postagem NÃO SUBSTITUEM AS INDICAÇÕES MÉDICAS
  


Postagem editada para anexar fotos e esclarecer dúvidas recebidas por emails.

Deixo um link que fala sobre os diferentes tipos de dermatites seborréicas com suas possíveis causas e também possíveis tratamentos. - aqui
sobre as substâncias e suas funções normalmente usadas nos produtos cosméticos industrializados - aqui 
sobre tensoativos - aqui 
livro - Tensoativos - Química, Propriedade e Aplicações - autor Decio Daltin

3 comentários:

Carmen disse...

Una buena lección sobre champú. Muchas gracias.
Besos.

flor da pele disse...

Obrigada Carmen por sua visita sempre tão gentil e agradável.
Mil besos.

Jabón y agua disse...

Excelente información. La he leído con mucha atención, pero me la dejo en favoritos para volver a verla, muchas gracias por compartir tus conocimientos.
Besos.

Postar um comentário