4 de mar de 2011

Sabão de sal


produto vegan

Fui apresentada virtualmente ao sabão de sal pelo blog Jabón y Agua, através das maravilhosas "Rocas de Sal " feitas pela Maria. Fiquei super curiosa em descobrir seus benefícios e resolvi fazer a minha versão desse sabão tão diferenciado.

Muitas são as receitas do famoso sabão de sal encontradas na internet onde, a grande maioria coloca o peso do sal sendo equivalente ao peso total das gorduras utilizadas na fórmula do sabão.
Resolvi criar minha própria receita atendendo as minhas exigências com relação ao condicionamento e dureza, sem contudo,perder as características próprias desse sabão que realmente é sensacional.




A propriedade higroscópica do cloreto de sódio ou sal, através de uma elevada hidratação na pele, ajuda a eliminar as células mortas,fazendo uma renovação celular sem o uso de abrasivos ( quando usado o sal marinho fino),deixando uma sensação de maciez e suavidade e restaurando o equilíbrio e umidade natural da pele.
Outro fator interessante, diz respeito a parte de limpeza espiritual, onde o sal, para muitas religiões e crenças, ocupa papel importante, servindo como um agente neutralizador de energias negativas.
Unindo essas informações, o sabão de sal pode ser visto como um completo agente de limpeza, corporal e espiritual.
sobre o sal na cosmética:
O sal marinho ou integral, após a evaporação da água, tem propriedades antifúngicas e antimicrobianas.Comercializado como sal grosso ou fino, é rico em minerais e contém alto teor de sódio que possui a capacidade de aliviar o cansaço e as câimbras musculares,auxiliando na eliminação de edemas e inchaços.
É importante não confundir o sal marinho fino com o sal refinado, que é tratado por processos químicos.


Minha versão do sabão de sal - 600g
Elaborado pelo processo frio e utilizando sempre formas individuais, para não ser preciso cortar, já que o sabão apresenta um índice de dureza elevado.

o. de oliva - 188g
o.palmiste orgânico - 65g
o.rícino-44g
manteiga de karité - 13g
extrato de aveia - 13g
sal marinho fino - 145g ( correspondente a 47% do peso total dos óleos da receita)
blend de óleos essenciais - 3% peso do sabão
hidróxido de sódio - 38g
água destilada- 99g
SE- 13%
concentração - 28%
Fazer de acordo com o processo frio e depois de alcançar a trace/traza , misturar os aditivos: SE (13g manteiga de karité + 27g o. de rícino), o extrato de aveia e o sal pouco a pouco, mexendo sempre,até a massa ficar homogênea,rapidamente acrescentar o blend de o. essenciais, mexer novamente e colocar nas formas individuais untadas com óleo vegetal.

Cobrir com um pano para manter o calor e deixar repousar por 24h.
Desenformar e deixar curar por 4 semanas em lugar arejado e principalmente seco, sempre virando os sabões para secar por igual.
Importante: depois do sabão já curado, embrulhar em papel filme de cozinha - PVC  para evitar que o sabão absorva a umidade do ambiente.

Esse sabão, para mim, tornou-se indispensável sendo um dos meus preferidos por suas características diferenciadas.




fontes sobre o sal: http://www.algarve-portal.com/pt/country/specialties/sea_salt/salt-health/
                                  http://www.vdeclair.com.br/prod.htm

17 comentários:

Maku disse...

Gustando como me gusta el jabón de sal ¡no dejaré de probar tu receta! tiene un aspecto estupendo
Un beso Sonia

Mayte disse...

Un jabón estupendo Sonia.

Un beso

Jabón y agua disse...

Me alegro que hayas vuelto a hacer jabón, este te ha quedado perfecto, me gusta mucho el aspecto tan natural que tiene.
Un abrazo.

Sonia Peña disse...

Maku y Mayre,
Gracias por sus visitas y por lo amables comentarios.

Maria,
Este jabón es muy bueno como usted bien sabe y yo también no puedo prescindir de él.
Gracias por tus palabras siempre tan cariñosas.

Besos a todas.

Lissy disse...

Sonia Q maravilla de jabón :D
un beso

texia disse...

Magnifico jabon, Sonia!
Un beso

flor da pele disse...

Lissy y Texia,
Gracias por sus palabras y mil besos.
Sonia

Omar disse...

Hola, Sonia.
No sé si habrá cambiado el diseño de tu blog porque no lo recordaba así de blanquito. Es muy bonito.
Quiero hacer el jabón de sal y lo haré con tu fórmula.
Lo que no sé es en qué momento añades la sal.
Tengo que darte las gracias por seguir siempre mis trabajos.
Un beso grande desde España.

flor da pele disse...

Hola Omar,
Yo no cambié el diseño de mi blog,siempre fue así blanquito y las flores son una recordación de las pinturas de mi madre.

Acerca de lo jabón de sal:
Puse lo sal poco a poco y al final, después de la traza completa, después de haber colocado el extracto mezclado con los aceites esenciales.
La traza se pone un poco más líquida pero rápidamente coloco en las formas individuales y de inmediato comienza a endurecerse.
Besos y sorte.
Sonia.

ANA disse...

Sonia, me encanta la estética de tu jabón de sal, ya te lo he dicho en el foro. Por lo que me dices, las propiedades son estupendas, así que alguna vez tendré que probarlo
Besos

Lissy disse...

Hola Sonia!!!!
Pásate x mi blog xq tengo un premio para ti !!!
Espero q te guste
un beso desde españa :D
http://lissylmbl.blogspot.com/

flor da pele disse...

Hola Lissy,
Muchas Gracias por tu cariño.
Besos.
Sonia.

Atelie DuDon disse...

Sonia, usei algumas formulações de sabão de sal para me inspirar e criar a minha, dentre elas esta sua. Te pergunto: seu sabão "suou"? O meu está curando há pouco mais de um mês e desde ontem, suando incrivelmente!
O que tens a me dizer?
Tô sempre por aqui, admirando seu trabalho lindo!
Bjs!

flor da pele disse...

Olá Fábio,
Obrigada pela visita :)
O "suor" está vinculado a umidade do ambiente.Isso acontece principalmente com sabões que tenham um percentual elevado de sal em sua composição pois o sal contido no sabão absorve a umidade do ambiente.
Pela sua informação, seu sabão já saponificou e só precisa secar completamente, nesse caso a solução é colocar o sabão em local o mais arejado possível ( sol, vento, calor) sobre papel toalha e assim que secar ser embrulhado em filme PVC, isolando o sabão da umidade do ambiente.
Caso o sol não apareça,só a chuva... Tente colocar os pedaços de sabão no forno, sobre papel toalha, virando sempre,em temperatura de 40/45ºC até o sabão secar mas muito cuidado com a temperatura para NÃO DERRETER O SABÃO!
Bjs.

Atelie DuDon disse...

Ok!
Vou mudar o sabão de lugar e acompanhar o processo.
Super obrigado!
Bjk!

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Só imagino um banho frio de ducha com esse sabão num dia de sol de verão carioca (e tijucano)!!!

flor da pele disse...

Olá Carol,
O sabão de sal é um dos meus preferidos :)
Beijo.

Postar um comentário